100%

LDO de 2019 é aprovada: Orçamento é de R$ 131 milhões

LDO de 2019 é aprovada: Orçamento é de R$ 131 milhões Vereadores em sessão legislativa desta segunda-feira (28)
Os vereadores aprovaram, em segunda deliberação, o Projeto de Lei nº 59/2018, que trata das diretrizes orçamentárias para elaboração e execução da Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício financeiro de 2019 – Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). De iniciativa do Executivo, a estimativa de orçamento do Município para 2019 é de 131 milhões de reais.

Assim como na primeira deliberação, na sessão passada (22), o projeto foi aprovado por cinco votos a dois, resultado que foi mantido ontem. O texto recebeu votos favoráveis de Ezequiel Lima (PRP), Chapéu (PSDB), Regina Barrach (MDB), Danilo Alborgetti (PV) e Vartão do Sucatão (PSB). Foram contrários Durva (PV) e Professor Marildo (PSL). Adriano do Postinho (PRP) se absteve.

A matéria que foi aprovada sem emendas segue para a sanção do prefeito Vicente Minguili (MDB).

Autorizado convênio com o INCRA

Foi aprovado em segunda deliberação, por unanimidade, o PL nº 68/2018 que autoriza o Executivo a assinar termo de convênio para repasse de verbas com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA).

Segundo o Executivo, autor da matéria, a proposta tem objetivo de repasse de verbas para o pagamento das contas de água e luz do escritório regional de Bauru - SP.

Lei Complementar regulariza funções

A CM aprovou, em primeira deliberação, o Projeto de Lei Complementar (PLC) nº 69/2018, do Executivo, que dispõe sobre a criação de emprego de Engenharia Elétrica, ampliação do número de vagas no Quadro de empregos permanentes e temporários da Prefeitura Municipal e altera requisito de admissão para o emprego de Cuidador.

O projeto aprovado de forma unânime volta à pauta de votação na próxima sessão legislativa, na segunda-feira (05).

Aprovada suplementação de dotação orçamentária

Com votos de sete vereadores, foi aprovado, em primeira deliberação, o PL nº 72/2018, iniciativa do Executivo, que dispõe sobre a suplementação de dotação orçamentária no valor de R$ l.844.750,00 (um milhão, oitocentos e quarenta e quatro mil, setecentos e cinquenta reais). O voto contrário foi o do Professor Marildo (PSL).

Segundo a Mensagem 038/2018, do Executivo ao presidente da Casa, Joãozinho da Farmácia (PSDB), a suplementação é necessária para remanejamento entre funcionários de uma secretaria para outra, provocando mudança de valores constantes no orçamento para solver a folha de pagamento.

O PL volta à pauta na próxima sessão ordinária (05) para segunda discussão e votação.

Projeto altera para 10% o valor mínimo de lances para a alienação dos imóveis distritos industriais

Os vereadores aprovaram em primeira deliberação o PLC nº 71/2018, do Executivo, que altera as redações dos "caputs" dos artigos 2° e 8° da Lei Complementar nº 3.507/18.

De acordo com o autor da matéria, no artigo 2º o valor mínimo da proposta de lances para alienação de imóveis públicos será de 10% do maior valor venal atribuído às áreas destinadas aos distritos industriais, comerciais ou de serviços, ou da avaliação previamente procedida, excluídas eventuais construções e/ou benfeitorias no imóvel do possuidor. Já no artigo 8º os imóveis, cuja ocupação tenha sido conferida pelo Município, por qualquer forma que seja, nos quais haja instalações industriais, comerciais e de serviços em funcionamento há mais de seis anos, que atendam ao disposto no parágrafo 4º, do artigo 2º da Lei e estejam em pleno exercício, para os fins do respectivo título de direito real de uso por tempo indeterminado, deverão indenizar o Município com a quantia equivalente a quinze por cento do maior valor venal atribuído às áreas destinadas aos distritos industriais, comerciais e de serviços, a ser paga na forma do parágrafo 2º deste artigo, e após notificação emitida pelo Município, ficando dispensada a licitação, nos termos do artigo 17, I, alínea “h”, da Lei Federal nº 8.666/93, aqui aplicado por analogia e para a regularização de uma situação fática longeva e consolidada, tendo em conta que já cumpriu a função social da propriedade e atende aos interesses do Município.

A matéria aprovada por unanimidade deve ir para a segunda deliberação na sessão de segunda-feira (05).

Expediente

Nenhuma matéria foi apresentada para dar entrada no Expediente da 39ª Sessão Ordinária que aconteceu nesta segunda-feira (29). Foram discutidos e aprovados quatro requerimentos e apresentadas de cinco indicações.

Requerimentos

Os quatro requerimentos discutidos e aprovados foram todos de iniciativa do vereador Chapéu (PSDB).

Indicações

Cinco indicações foram lidas e encaminhadas, sendo as proposituras dos vereadores (3) Regina Barrach (MDB) e (2) Ezequiel Lima (PRP).

Próxima Sessão

A 40ª Sessão Ordinária do Legislativo pederneirense acontecerá na segunda-feira (05), às 18h.

Acompanhe a sessão legislativa em tempo real, pela TV Câmara Pederneiras, canal da Câmara Municipal de Pederneiras no Youtube, link: HTTPS://www.youtube.com/channel/UC4wIjnEN6lbzd2yVgOfuf6w, ou pelo Facebook da Câmara Municipal de Pederneiras, em www.facebook.com/camaramunicipalpederneiras. Outras notícias do Legislativo você pode ler no site: www.camarapederneiras.sp.gov.brereadores
Protocolos desta Publicação:Criado em: 30/10/2018 - 14:49:46 por: Patrícia Sanchez - Alterado em: 30/10/2018 - 14:56:48 por: Patrícia Sanchez

Notícias

Ao Fantástico, Aroldi defende criação de novos Municípios
Ao Fantástico, Aroldi defende criação de novos Municípios

“Há regiões em que existe a necessidade de criação de novos Municípios. Se você pegar o Centro-Oeste e o Norte do país, aonde nós temos distritos a 500 km de distância da sede dos Municípios”, defendeu o presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Glademir Aroldi, em entrevista ao Fantástico deste domingo, 20 de janeiro. O jornal abordou o assunto da criação de novos Municípios, questionando a necessidade de novos Entes locais no Brasil. A matéria especial,...

Mais um PL prevê isenção de impostos sem análise de impacto
Mais um PL prevê isenção de impostos sem análise de impacto

Propostas de isenção de imposto, principalmente da base de receita dos Municípios, para estimular categorias ou práticas é comum no Congresso Nacional. No entanto, essas proposições não apontam o impacto negativo que tais medidas causarão nos cofres municipais, se forem aprovadas. Esse é o caso do Projeto de Lei (PL) 10.669/2018 – do deputado Felipe Carreras (PSB-PE) – que isenta academias de impostos sobre equipamentos para prática de exercícios. O PL tramita em caráter...

Mais Médicos: Ministério da Saúde torna pública nova relação de médicos
Mais Médicos: Ministério da Saúde torna pública nova relação de médicos

O Ministério da Saúde divulgou, no Diário Oficial da União (DOU), a Portaria 04/2019, que traz a relação de médicos formados em instituições de educação superior brasileiras ou com diploma revalidado no Brasil e que tiveram as inscrições homologadas no Projeto Mais Médicos. O número de médicos que tiveram a inscrição homologada foi de 1078. A distribuição das vagas foi realizada de acordo com as vagas não preenchidas no primeiro processo seletivo. Das regiões, os...

Redução da CIP é realidade para os pederneirenses
Redução da CIP é realidade para os pederneirenses

Iniciativa da Câmara Municipal já beneficia quase 15 mil famílias.

O beneficio tornou-se possível graças à aprovação na Câmara Municipal, em julho de 2018, do Projeto de Lei Complementar (PLC) nº 39/2018 que instituiu a Contribuição para Custeio dos Serviços de Iluminação Pública (CIP), prevista no artigo 149-A da Constituição Federal, iniciativa dos vereadores Durva (PV), Adriano do Postinho (PRP), Joãozinho da Farmácia (PSDB), Regina Barrach (MDB), Danilo Alborghetti (PV) e Ezequiel Lima (PRP).

Consumo de álcool por mulheres, inclusive adolescentes, cresceu entre 2010 e 2016
Consumo de álcool por mulheres, inclusive adolescentes, cresceu entre 2010 e 2016

Uma prática antes comum entre homens, agora, também faz parte do universo feminino: o consumo exagerado de bebida alcoólica. A Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta crescimento no padrão de consumo de álcool por mulheres, entre 2010 e 2016, por meio do índice do chamado Beber Pesado Episódico (BPE). Os dados chamaram a atenção da Confederação Nacional de Municípios, idealizadora do portal Observatório do Crack. O relatório do órgão mostrou que os problemas relacionados...

Período de férias: cidades históricas brasileiras chamam a atenção
Período de férias: cidades históricas brasileiras chamam a atenção

De toda beleza e diversidade existente no Brasil, dez cidades históricas se destacam e representam oportunidade de os turistas terem acesso à arte, à história e às belezas naturais. São elas: Ouro preto (MG), Olinda (PE), Tiradentes (MG), Salvador (BA), São João Del Rei (MG), Paraty (RJ), Porto Seguro (BA), Congonhas (MG), São Luís (MA) e Petrópolis (RJ). Diante do rico patrimônio nacional e do período de férias, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) chama atenção...

Prepare-se para a alta estação do Turismo nos Municípios
Prepare-se para a alta estação do Turismo nos Municípios

Sol, cachoeira, praia, aventura, ecologia, montanhas, trilhas, história, cultura, gastronomia, patrimônio mundial, civismo, tradição, esoterismo, naturalismo, enoturismo, dança, música, cursos de aperfeiçoamento... O turismo no Brasil tem de tudo e para todos os gostos. São 3.285 Municípios turísticos e, certamente, um deles vai te encantar. No mundo inteiro, as pessoas têm deixado o consumo e as compras de lado para viver experiência novas ao redor do globo. E o Brasil é um dos...

Durante as férias, fique atento à febre amarela e ao mosquito Aedes aegypti
Durante as férias, fique atento à febre amarela e ao mosquito Aedes aegypti

Durante o mês de janeiro, muitas famílias aproveitam para tirar férias no verão brasileiro e aproveitar o tempo livre para viajar e passar um tempo fora de casa. Contudo, mesmo focados no destino, é preciso ficar atento a situações de saúde. É preciso lembrar que, com o clima quente e úmido, aumenta o risco de proliferação do Aedes aegypti. Para combater o mosquito, que transmite dengue, zika e chikungunya, é importante localizar e eliminar os possíveis criadouros que acumulem...

MEC divulga reajuste do piso do magistério de 4,17%, conforme já divulgado pela CNM
MEC divulga reajuste do piso do magistério de 4,17%, conforme já divulgado pela CNM

Nesta quarta-feira, dia 9 de janeiro, às 18 horas, o Ministério da Educação (MEC) divulgou matéria em seu site com o reajuste de 4,17% do piso nacional do magistério para 2019. Aplicado esse percentual, o valor do piso, que corresponde ao vencimento inicial dos profissionais do magistério público da educação básica, com formação de nível médio, modalidade normal, jornada de 40 horas semanais, passa de R$ 2.455,35 em 2018 para R$ 2.557,74 a partir de janeiro deste ano. Em...